Estrada do Pau Queimado, 1530 - Jardim Sao Jorge, Piracicaba - SP
contato@  ver e-mail
(19) 343  ver telefone

Entre em contato

Artigos
A amplitude do seu usa na cadeia logística está transferindo os pallets do papel de coadjuvante para o de personagem central.
25 de março de 2022
Voltar

Entenda como os pallets movem a cadeia de abastecimento mundial

A amplitude do seu usa na cadeia logística está transferindo os pallets do papel de coadjuvante para o de personagem central.

Os pallets de madeira são parte de um sistema de movimentação de materiais em diversos segmentos industriais e que atende a uma série de exigências para que possam cumprir sua função. Muitos países estabelecem normas de produção dos pallets determinando medidas, o tipo de madeira a ser utilizada na confecção, os tipos de tratamentos para evitar contaminações e até a forma de descarte e reciclagem.

 

No Brasil, a padronização chegou em 1990, com os pallets PBR, através da Abras – Associação Brasileira de Supermercados. Foram cinco anos de estudos e ensaios para chegar as dimensões de 1,00 m x 1,20m; vida útil média de 03 anos; fixação com pregos espirais; identificação em gravações a fogo; face dupla não reversível e quatro entradas.

 

A questão da sustentabilidade é garantida pelo uso das madeiras de pinus e eucalipto em sua produção. No Brasil, existem 6,7 milhões de hectares de área de reflorestamento.

 

Estima-se que 90% dos pallets em circulação no mundo são de madeira. Visto que, este é o material que oferece o melhor custo ao comparar os benefícios que suas propriedades proporcionam como: baixo custo, se comparados aos pallets plásticos e de metal; são recicláveis e feitos de recursos renováveis; são robustos; são fáceis de reparar quando danificados. Ou seja, os pallets de madeira são efetivos e a melhor solução para a maioria das movimentações logísticas de materiais.

 

Contudo, ter infraestrutura eficiente para fabricá-los, atender ao crescimento da demanda e obter as certificações necessárias, é um desafio. Não existem estatísticas oficiais, porém sabe-se que o número de pallets em circulação no mercado brasileiro gira em torno de 6 a 8 milhões ao ano – é um número baixo, considerando o volume de cargas movimentadas e, infelizmente, a circulação e o comércio de pallets usados, que são desviados do seu trânsito normal acabam por reprimir a demanda e o grande potencial de consumo.

 

No Brasil, os pallets de madeira poderiam ser usados em volume muito maior do que sabemos hoje. Estimular a demanda, conscientizando embarcadores de que essa ferramenta agregará eficiência à movimentação, é um desafio a ser superado, assim como e o de investir continuamente em infraestrutura e manutenção das normas, para que a qualidade do produto em circulação favoreça a cadeia de abastecimento.

 

Fonte de pesquisa: Logweb

 

 

Artigos relacionados

Nenhum artigo Relacionado.

Estrada do Pau Queimado, 1530 - Jardim Sao Jorge, Piracicaba - SP
contato@  ver e-mail
(19) 343  ver telefone